Selecione seu local x
Pesquisar meu local atual

Artigos e Receitasver todas as matérias

Escolhendo a roupa certa para ir trabalhar
em: Vestuário
16/05/2014 10:40
Bom senso é sempre a bússola para os profissionais se vestirem adequadamente, seja em uma grande corporação, seja em uma microempresa, seja no escritório de advocacia, seja na agência de publicidade.

A primeira impressão é a que fica. Independentemente do porte da empresa, são as pessoas que a representam e definem sua imagem. Além de códigos de comportamento, o ambiente de trabalho exige o respeito a regras de profissionalismo na hora de se vestir.
A orientação é da gestora de recursos humanos e também professora universitária, Bernadete Pupo, que indica o bom senso como chave para não errar na escolha da roupa para o trabalho.

+ A camisa é uma peça básica do guarda-roupa. Veja como usá-la
+ Elegância racional: veja como se vestir bem sem gastar muito
+ Os saltos tornam-se mais confortáveis se usados corretamente. Confira nossas dicas

Flexibilidade, contudo, cabe perfeitamente no conceito de bom senso. "O código de vestimenta varia de acordo com região, horário, área de atuação e até visão de mercado. Ou seja, não é regra que só se deva trabalhar de camisa e gravata ou trajes sociais femininos. O importante é ter em mente que no guarda-roupa há peças que devam ser reservadas para festas e momentos de lazer e outras que são mais adequadas para o ambiente profissional", esclarece.
Para Bernadete, a dúvida na opção de figurino de trabalho e a exposição desnecessária decorrente dos erros nas escolhas seriam evitadas se as empresas definissem formalmente um procedimento padrão para os empregados.
Em linhas gerais, a recomendação é que a roupa harmonize com a equipe e o ambiente, não sendo inferior a dos colegas, nem excedendo em luxo.

Tribos
A formalidade padrão adotada nas grandes corporações, empresas de advocacias, consultorias e instituições financeiras, entre outros ambientes mais formais, pode, em determinados segmentos, não ser a melhor norteadora. "Os funcionários são a imagem de uma empresa, mesmo aqueles que não realizam o atendimento direto ao público. Empresas de publicidade, por exemplo, querem que seus funcionários sejam tão descontraídos como as suas campanhas publicitárias", ilustra a especialista.
x

URL



Redes Sociais

Email

x
Seu nome
Seu email
Comentário