Selecione seu local x
Pesquisar meu local atual

Artigos e Receitasver todas as matérias

Texturas conferem charme e durabilidade às paredes
em: Decoração
04/02/2015 09:30
Além de grandes aliadas da decoração, as texturas ajudam a disfarçar imperfeições e causam efeitos diversos no ambiente. Bastante duráveis, são disponibilizadas em variados estilos, capazes de agradar a diferentes gostos e se encaixar em todos os espaços.

As opções no mercado se estendem entre os padrões foscos ou brilhantes, grossos ou finos, ásperos ou suaves. Podem causar efeitos diversos, imitando pátina, pedra, mármore, madeira, jeans, couro, camurça, aço escovado, etc.
Além do belo efeito visual, a texturização tem ampla cobertura, o que a transforma em artimanha muito útil para disfarçar imperfeições das paredes, como manchas, rachaduras, etc.

+ Casa com estilo
+ O charme do papel de parede
+ Encanto de flor

Técnica complexa, a textura é obtida pela aplicação de tinta própria (mais grossa) por meio de rolos de tinta apropriados ou outros utensílios, como espátulas, esponjas, escovas, etc. Para melhor resultado, é recomendável contratar um profissional especializado.
Se preferir correr o risco de fazer você mesmo, procure orientação ou cursos sobre a técnica nas lojas de materiais de construção.
Uma variação interessante e bastante em voga é o grafiato. Com efeito riscado, tem composição diferente nos materiais e sua aplicação é feita apenas por meio de desempenadeira.

Fica a dica
• Antes de escolher o efeito e a cor, avalie o contexto do ambiente e dos demais itens decorativos: se é clássico, moderno, arrojado, rústico, etc.
• Uma parede texturizada garante certo aconchego ao ambiente, além de destacar o local de aplicação.
• Nos interiores, recomenda-se utilizar o recurso em apenas uma parede do cômodo.
• Em ambientes pequenos, uma textura muito rugosa pode pesar, criando a sensação de redução de espaço.
• Boa sugestão para cômodos menores é utilizar a textura como um painel, em apenas uma parte da parede, seja a cabeceira da cama, atrás da TV, de uma peça ou de um móvel que queira destacar.
• Em ambiente espaçoso, cai melhor uma textura mais rebuscada. O estilo trabalhado também é recomendado para áreas externas.
• Para obter melhor iluminação, opte por texturas suaves e brilhantes, pois refletem mais luz. Já se pretende obter efeito contrário, considere as texturas grossas e ásperas, que refletem menos luz e aumentam a sensação térmica.
• Para maior destaque em espaços com muitos objetos, quadros, tapetes, etc., pode-se ousar com uma textura chamativa e com cor vibrante. Se preferir suavizar, aposte em efeitos mais delicados e em cores neutras.
• Caso queira usar textura em todas as paredes, prefira cor neutra, como o branco.
• No quarto das crianças, pode-se brincar e soltar a criatividade. Um modelo de bolinhas, por exemplo, é uma boa pedida.
• Outra ideia criativa é usar a técnica apenas em faixas, no rodapé ou abaixo do teto.

Enjoei. Como tirar?
Não há maiores problemas para substituir uma textura por outra ou retomar o aspecto de parede lisa.
Para texturas de baixo-relevo, pode-se aplicar massa corrida por toda a superfície, até obter o total nivelamento. Depois, é só lixar e pintar a parede. Em efeitos de alto-relevo, contudo, a técnica não é a melhor alternativa, pois serão necessárias várias demãos de massa para fazer a cobertura, comprometendo o aspecto final. Produtos próprios para remoção são recomendáveis para estes casos.
Pode-se, ainda, tentar remover os excessos com espátula e, em seguida lixar e pintar a parede.

Imagem: © astragal - Fotolia.com


x

URL



Redes Sociais

Email

x
Seu nome
Seu email
Comentário