Selecione seu local x
Pesquisar meu local atual

Artigos e Receitasver todas as matérias

Churrasco democrático
em: Festas
11/03/2015 10:40
 O bom anfitrião prepara o cardápio atento às particularidades e preferências alimentares dos convidados. Ao oferecer um churrasco, não se esquece dos vegetarianos.
 
Cresce o número de vegetarianos. A tendência global já se manifesta no Brasil, onde pesquisa do Instituto Ipsos, publicada em matéria da revista Época, constatou que 28% das pessoas tentam reduzir o consumo de carne.

Não há dados sobre o número real de adeptos à filosofia alimentar e se você ainda não tem convívio social com alguém que já aderiu, com certeza terá. Mas não entre em pânico, servir um vegetariano é mais fácil do que parece. Até mesmo em um dos eventos mais relacionados com a cultura da carne: o churrasco.

Convencionou-se consumir carne, seja bovina, de ave ou peixe. Mas é possível inovar e incluir na churrasqueira diferentes opções que, além de agradar aos vegetarianos, também podem equilibrar a refeição dos carnívoros inveterados.

Afinal, a confraternização e descontração do churrasco devem ser democratizadas…

Experimente
• “Bifes” de berinjela ou abobrinha: Corte os legumes no sentido do comprimento em várias fatias médias e tempere com shoyu, azeite, alho e orégano. Reserve antes de levar à grelha.
• Barcas de berinjela: A berinjela deve ser cortada pela metade horizontalmente e temperada com sal. Embrulhe em papel alumínio e leve ao fogo para que amacie. Retire a polpa, mas mantenha uma camada antes da casca. Recheie com ricota cottage ou tofu – para quem não consome leite ou derivados – amassado com azeite, salsinha e pimenta. Outra versão do recheio é um refogado de pimentão, cebola, polpa da berinjela e queijo ralado. Novamente envolva no papel alumínio e volte ao fogo para derreter o queijo, por cerca de 7 minutos.
• Tomates no espeto: Corte a fruta também no sentido horizontal, pela metade e retire as sementes. Tempere com uma pasta de açúcar mascavo e sal e disponha em espetos. Deixe na churrasqueira até a casca ficar bem enrugada.
• Cebola na brasa: Corte a cebola em quatro partes, mas sem chegar ao fundo, de forma que elas permaneçam unidas na parte inferior e tempere com sal e azeite. O recheio pode ser queijo parmesão ralado ou tofu e azeitonas. Enrole em papel alumínio e leve à churrasqueira até que amacie. Você pode ainda assar a cebola inteira com casca no espeto até que fique preta por fora. Retire a casca e tempere com azeite e sal.
• Batata na brasa: Corte uma tampa e escave-a. Recheie da forma que lhe convier (queijos, azeitona, alcaparra, tofu, etc.) e tempere com sal e pimenta, fechando com palitos. Embrulhe em papel alumínio e leve à parte superior da churrasqueira. Deixe por cerca de 40 minutos.
• Palmito: Utilize palmito pupunha in natura de origem aprovada pelo Ibama. Asse em papel alumínio por duas horas ao lado do carvão para não queimar. Abra a casca e tempere com sal e azeite.
• Alho poró: Corte as folhas, abra o talo no sentido do comprimento e asse.
• Espiga de milho: Limpe a espiga e enrole novamente na palha. Asse por aproximadamente 25 minutos, girando os lados até dourar. Faça uma pasta com a margarina e cheiro-verde e passe nas espigas antes de servir.
• Bandeja de cenoura, pimentão e cebola: Corte a cenoura e o pimentão em tiras grandes e a cebola em rodelas grossas sem descascar os anéis. Tempere com sal, azeite, alecrim e asse na grelha até amaciar. Sirva com molho de shoyu e limão.
• Cogumelos: Compre cogumelos frescos. Podem ser portobello, shiitake ou menores, como paris e shimeji, para fazer espetinho. Lave-os e tempere como preferir antes de grelhar. Podem ser assados com cebola e servidos com manteiga.
• Pinhão: Coloque os pinhões em uma forma de alumínio sobre a churrasqueira. Mexa de vez em quando até a casca ficar quebradiça.
 Tofu: Corte o tofu em fatias grossas e drene a água. Faça uma marinada com temperos de sua preferência e reserve por alguns minutos antes de untar com azeite e levar a grelha. Deixe até formar uma casquinha e vire cuidadosamente.
Obs.: Para drenar o tofu, coloque-o entre dois pratos, com uma panela em cima do segundo prato e deixe-o entre 15 a 30 minutos. Descarte o líquido. Se preferir, compre o tofu já drenado.
• Hambúrgueres e salsichas vegetais: Feitos em casa ou industrializados, também podem ser grelhados. Atualmente, há maior variedade destes produtos nas grandes redes de supermercados. São bem saborosos. Vale a pena experimentar.
• Espetinho de Proteína Texturizada de Soja (PTS): A PTS ou PVT (Proteína Vegetal Texturizada) é um verdadeiro “curinga” para os vegetarianos, pois substitui a carne em uma infinidade de pratos. Rica em proteínas, fibras e ferro, não tem gordura saturada e entre seus benefícios está a prevenção de doenças cardiovasculares e a amenização dos sintomas da menopausa.
Preparando a PTS: A PTS não tem sabor. O segredo na utilização do alimento é o tempero. Para compor qualquer prato, é necessário hidratá-la por cerca de 15 minutos, deixando de molho em água morna, na proporção de 1 xícara de PTS para duas de água. Para garantir o sabor, no processo podem ser utilizados também suco de meio limão ou 2 colheres de sopa de vinagre ou, ainda, utilizar caldo de legumes. Escorra e esprema o excesso de líquido. A seguir tempere a gosto. Sugestão: alho, cebola, orégano, azeite, pimenta e sal. É bom temperar a PTS horas antes para a melhor absorção. Faça espetos intercalando a PTS com pedaços de tomate, pimentão, cebola, tofu, salsicha vegetal, berinjela, abobrinha, etc., e leve para grelhar.

Todas as receitas podem ser servidas com os molhos tradicionais de churrasco, como vinagrete e barbecue e acompanhadas de saladas diversas.

Aproveitando o embalo da alimentação saudável, de sobremesa sirva frutas assadas como banana – que deve ser grelhada com casca – abacaxi em rodelas ou maçã com canela.

Imagem: © Marianne Mayer - Fotolia.com 
x

URL



Redes Sociais

Email

x
Seu nome
Seu email
Comentário