Selecione seu local x
Pesquisar meu local atual

Artigos e Receitasver todas as matérias

Coexistência sem inconveniências
em: Lazer e Cultura
06/07/2015 09:00
Sábado à noite, você resolve ir ao cinema. Abre o portão e descobre que há um carro bem em frente à sua garagem. Procura desesperadamente pelo proprietário, mas, até encontrá-lo, já perdeu a sessão. Pior seria se a saída tivesse como destino um hospital

Não importa a ocasião, é preciso adotar como lei certas regras de convivência. Bons modos e respeito ao próximo são fundamentais e fazem a vida ser mais fácil para todos.

Na vizinhança

A menos que o vizinho mais próximo esteja a um quilômetro de distância, é preciso bom senso para não causar transtornos. Seja em apartamento, seja em casa, excesso de ruídos deve ser a preocupação número um.

• Quer dar uma festa? Em apartamentos, utilize o salão do prédio. Já em residências, respeite a lei do silêncio, que vigora após as 22hs. Independentemente do horário, não abuse. Se for uma festança, alugue um salão próprio para estas ocasiões.
• Em apartamentos, o cuidado deve ser dobrado. Nada de viver de salto alto, arrastar móveis a toda hora ou deixar as crianças jogarem bola dentro de casa.
• Vai viajar? Hospede os animais de estimação em um hotelzinho. Por mais educados que sejam, nunca se sabe o quanto uivarão de saudade ou quando decidirão cavar um túnel para pedir consolo ao vizinho.
• Na garagem coletiva, não invada a vaga vizinha e jamais estacione no espaço de outros ou em áreas de acesso comum. Ao transitar, seja educado: ceda a vez.
• Para estar por dentro de todas as normas, compareça às reuniões de condomínio. Quem não participa não pode reclamar.

Ao volante

Não bastassem os engarrafamentos, motoristas lidam diariamente com uma infinidade de situações desgastantes, que poderiam ser evitadas com um pouco de educação.

• Fechar o cruzamento ou avançar a faixa de pedestres é tão imperdoável quanto avançar meio carro no cruzamento para esperar a vez ou buzinar por qualquer motivo.
• Parar em fila dupla, ainda que seja “só por um minutinho”, também é indesculpável. A cena é comum, principalmente em frente de escolas, onde pais apressados oferecem aos filhos uma péssima lição de desrespeito ao próximo. Estacione corretamente para não atrapalhar o trânsito.
• Não importa quão potente seja o equipamento de som instalado em seu carro, a única pessoa interessada em ouvir sua coleção de cds é você. Além de incomodar, som muito alto (acima de 104 decibéis) é infração de trânsito.
• Nunca estacione em locais proibidos. Um dia, pode ser você a perder o cinema.

A pé

• Caminhar faz bem a saúde e é ecologicamente correto. Mas, não se esqueça: pedestres devem andar na calçada. Rua é para carros.
• Atravesse nas faixas, obedeça à indicação do farol e sempre olhe atentamente para os dois lados.

Em público

• Locais públicos são de convivência coletiva. Gritos, demonstrações extravagantes de euforia e brigas de namorados devem ser guardadas para a intimidade.
• Por mais que o celular facilite a vida, não se deve deixá-lo ligado em restaurantes, cinemas, teatros, templos religiosos e outros locais semelhantes. Se você aguarda uma ligação extremamente importante, deixe o aparelho no modo silencioso e saia de fininho para atender ou, simplesmente, fique em casa.
• Passear com o cachorro é uma delicia, mas deixar “lembranças” em parques ou calçadas é nojento. Leve pá e saquinhos plásticos e recolha a sujeira. Assim, o amigo peludo se diverte e não fica com vergonha do dono.
• Horários e filas devem ser religiosamente respeitados. Não ouse pedir a quem chegou antes no cinema para trocar de lugar com sua namorada. Afinal, a intenção é ver o filme e não comentar sobre ele durante a sessão.

No trabalho

Comportar-se bem no ambiente profissional, além de garantir simpatia dos colegas, contribui para a ascensão da carreira.

• Cordialidade sem intimidade é a receita ideal. Não faça distinções entre os colegas e cumprimente desde o porteiro até o diretor da empresa.
• Para não ser considerado o “chato”, não reclame de tudo, não faça fofocas, nem interrompa sem motivo sério o trabalho do colega. Brincadeiras exageradas e discussões polêmicas não se encaixam no ambiente.
• Sempre que possível, ajude os colegas. Ser gentil é muito chique.

No mundo virtual

A internet ainda é, relativamente, uma novidade, mas isto não é desculpa para você se tornar um inconveniente virtual.

• Ao mandar e-mails formais, seja objetivo e evite emotions (bonequinhos coloridos).
• Encaminhar mensagens aos amigos é divertido, mas não entupa diariamente a caixa de mensagens dos seus contatos. Pondere bem sobre quem gostaria de receber apresentação de bichinhos, fotos de bebês, piadas (nunca de mau gosto) ou textos reflexivos e não abuse. Correntes são terminantemente proibidas.
• Para não ser bloqueado ou excluído no messenger (programa de mensagens instantâneas), respeite os avisos de “Ocupado” e “Ao Telefone”.

Em toda e qualquer ocasião

• Jogar lixo na rua é grosseria pura.
• Seja gentil, sorria.
• Não se atrase.
• Não invada a privacidade dos outros, não faça fofocas.
• Respeite o meio ambiente: recicle o lixo, não desperdice nada.
• Mantenha a calma e pense: o outro poderia ser eu. 
x

URL



Redes Sociais

Email

x
Seu nome
Seu email
Comentário