Selecione seu local x
Pesquisar meu local atual

Artigos e Receitasver todas as matérias

Cada telhado um estilo
em: Construção e Reforma
07/12/2015 09:42
 Conhecer os tipos de telhas disponíveis no mercado facilita a compra do produto ideal.
As telhas são peças indispensáveis para a construção. Além de protegerem a casa das intempéries e proporcionarem conforto térmico, trazem harmonia e beleza à fachada. A relação abaixo traz as opções mais populares e suas aplicações. 

+ Cuidado com choques 
+ Melhor prevenir do que reformar
+ Reforma Planejada

• Cerâmica. Sempre presente nas coberturas de edificações, a telha de cerâmica é muito utilizada no País. Encontrada nos tipos francesa, colonial, americana, entre outros, há disponibilidade para todos os gostos e alternativas arquitetônicas. Ela também possibilita bom isolamento térmico e acústico, mas, por conta de seu peso, a estrutura necessária para suportar o telhado terá um custo maior. 
 Fibrocimento. Popularmente chamada de Brasilit, essa telha é uma das mais conhecidas pelos brasileiros e, agora que o amianto foi substituído por outras fibras no processo de fabricação, não oferece mais riscos à saúde. Por ser fabricada em diversos modelos, tamanhos e espessuras, é esteticamente agradável, embora não proporcione conforto térmico e tenha vida útil curta. Sua leveza e resistência propiciam menor gasto com madeiramento, porém requerem uma boa fixação para evitar problemas com chuvas e ventos fortes. Sua fama se explica por apresentar a melhor relação custo x benefício do mercado.
• Ecológica. Enquanto algumas são feitas a partir de camadas de fibras vegetais impermeabilizadas com betume e protegidas por resina (o fibrocimento vegetal), outras são feitas de materiais reciclados, aliando vantagens técnicas e benefícios para a natureza. São inquebráveis, o que elimina as famosas goteiras no telhado, resistentes e termoacústicas. Sua leveza permite economizar com materiais para sustentação, o que compensa o fato de serem mais caras do que as telhas tradicionais.
• Concreto. A versatilidade de formas e cores são um dos quesitos mais atraentes desta modalidade. Impermeável à chuva, ela assegura conforto térmico, principalmente se for branca. Indicado para quem busca redução de custos com o madeiramento, o material, no entanto, tem a desvantagem de exigir manutenção anual, por ser mais vulnerável à umidade.
• Vidro. É a escolha perfeita para quem deseja combinar beleza e luminosidade em um ambiente. Esta opção tem como principais qualidades a transparência, a resistência contra raios ultravioletas e a pureza do vidro. Como normalmente é usada em conjunto com telhas de cerâmica ou de concreto, é fabricada nos mesmos modelos (francesa, colonial, americana, etc.), otimizando o design final. O material exige limpeza constante.
• Translúcida. Aquele canto escuro da casa, indústria ou comércio tem uma solução: a telha translúcida, super indicada para quem deseja iluminação natural ou quer economizar energia. A luminosidade natural do ambiente é possível devido às resinas termoplásticas especiais que são usadas na fabricação desta variedade, que tem na resistência ao impacto e na leveza suas características predominantes.
• Policarbonato. Por chegar ao nível de transparência de até 90%, esta modalidade é recomendada para coberturas e fechamentos que necessitam de iluminação natural, como jardins e estufas. Ela apresenta alta resistência a impactos e vida útil maior por receber tratamentos contra os raios ultravioletas.
• Sanduíche ou termoacústica. É caracterizada por duas telhas convencionais preenchidas por material inerte, como poliuretano, isopor (EPS), lã de vidro ou lã de rocha, que constituem um “sanduíche”, ou, ainda, por uma única telha metálica sobreposta ao revestimento. Adequado para quem procura um ótimo conforto térmico e acústico, este tipo é usado, inclusive, como item decorativo por receber pinturas em várias tonalidades.
• Alumínio. Para quem tem um projeto econômico, essa é a telha ideal. Fornecido em diversos comprimentos e espessuras, o modelo é durável, resistente aos ventos e tem no isolamento térmico uma de suas principais características.
 
Cuidados
Para manter a boa qualidade e prolongar a vida útil do telhado, é aconselhada a manutenção periódica. Lavar as telhas utilizando, de preferência, água pressurizada é uma ótima alternativa. Após a lavagem e secagem, a aplicação de um selador acrílico ou hidrofugante garante o aspecto de novinha em folha, valorizando o imóvel.
 
x

URL



Redes Sociais

Email

x
Seu nome
Seu email
Comentário