Selecione seu local x
Pesquisar meu local atual

Artigos e Receitasver todas as matérias

Concursistas em ação
em: Complementar
21/03/2016 09:12
 Conheça as vantagens e desvantagens dos métodos de estudos para concursos públicos

Ser aprovado em concurso público é o objetivo de muitas pessoas. A estabilidade profissional e, em alguns casos, os salários altos são os atrativos da carreira. Porém, antes de ver o seu nome na lista de classificados e comemorar, é necessária dedicação.
Além da alta e forte concorrência, outro obstáculo que você encontrará são os conteúdos difíceis das provas. Por isso, a fase de preparação é fundamental.

+ Qualificação profissional: direto para o mercado de trabalho
A era dos poliglotas
+ Os conhecimentos básicos de informática já não bastam

No início da jornada, a maior dificuldade dos concursistas é decidir o método de estudos mais eficiente: fazer cursinho ou estudar em casa. A dica é analisar os prós e contras de cada alternativa.
• Cursinhos: Lidar com pessoas que buscam o mesmo propósito que você é a principal vantagem. Isso porque as cobranças são maiores e fortalece sua motivação. A opção também possibilita interagir com professores, o que ajuda na compreensão das matérias e na resolução de dúvidas. Cursinhos contam, ainda, com a realização de simulados constantes para avaliar o seu desempenho. Mais um benefício é o fato de você só estudar o que cairá nas provas, pois as aulas e o material de apoio são elaborados especificamente para cada concurso. Em contrapartida, a escolha envolve custo maior e tempo de deslocamento até a escola. Outra desvantagem é a turma ter concursistas em vários níveis de conhecimento, impedindo que os professores se aprofundem no conteúdo.
• Autodidata: estudar sozinho e em casa lhe dá o privilégio de ter total controle sobre seu horário de aprendizagem. Você pode ajustá-lo de acordo com as suas necessidades, escolher o tema a ser estudado e os vídeos a serem assistidos. 
Nesta opção, o custo é menor e, como quem dita o ritmo de estudo é você, não é preciso esperar toda a turma para avançar na matéria. Por outro lado, as dúvidas só são esclarecidas por meio de fóruns ou e-mails, deixando o aprendizado mais lento. A modalidade exige que você disponha de um ambiente sossegado, pois, devido às distrações do lar, é mais difícil manter a concentração. Requer, inclusive, respeito absoluto por parte de seus familiares em relação ao tempo que você dedica ao estudo.

Afinal, o que é melhor
Embora complicada, a decisão só depende de você. Como nenhum dos métodos tem somente vantagens, avaliar o seu tempo disponível, a sua capacidade de disciplina e o dinheiro para investimento pode ajudar.
Independentemente da escolha, para concursos públicos a receita é sempre estudar sério e focar em sua meta. Vale lembrar que se um caminho não der certo, é possível tentar outro. 

Por água abaixo
Não adianta passar várias horas estudando para alcançar a tão sonhada vaga, se você não estiver fazendo isso corretamente. Alguns erros podem ser fatais. Atente-se:
• Quando não existe estratégia e planejamento, a aprovação em um concurso público torna-se ainda mais difícil. Ler o edital, separar os assuntos relevantes e ter disciplina vai ajudar a distribuir melhor o seu tempo e não deixar nada para trás;
• Não usar o material certo pode acabar com suas chances de ser aprovado. Escolha livros indicados por especialistas e não estude com as anotações de outros colegas;
• Exagerar na maratona de estudos também é uma grande falha. Para evitar a rotina exaustiva, mantenha-se organizado;
• É importante respeitar os limites impostos pelo corpo. Cansado, dificilmente você irá absorver algum conteúdo. Fazer pausas e deixar um dia reservado para o lazer renova as energias;
• Estudar na véspera do concurso é outro erro. Isso gera mais estresse e ansiedade do que aprendizado.
x

URL



Redes Sociais

Email

x
Seu nome
Seu email
Comentário