Selecione seu local x
Pesquisar meu local atual

Artigos e Receitasver todas as matérias

Decifrando as etiquetas
em: Vestuário
02/08/2013 10:10

Obrigatórios pela legislação brasileira, os misteriosos símbolos presentes nas etiquetas das roupas representam instruções importantes de como lavar, secar e passar sem danificar as peças.

Por mais tentador que pareça, na hora de lavar roupa não basta apenas colocar as peças na máquina e esperar para pendurar no varal. Características físicas dos tecidos e do processo de tingimento exigem tratamento adequado para que as peças mantenham a qualidade original por maior tempo, além de evitar manchas, desbotamento e outros danos.

+ Tudo sobre camisas
+ Como tirar manchas de roupas
+ Como arruamar as malas

Nem sempre de fácil entendimento, os símbolos das etiquetas são universais e obrigatórios em todos os tipos de produtos têxteis. Foram criados em 1975 pela Associação Internacional para Etiquetagem de Cuidados Têxteis e, no Brasil, são registrados pela Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT). Além dos símbolos com cuidados necessários para lavar, alvejar, secar, passar e lavar a seco, a legislação nacional determina que as etiquetas de produtos nacionais ou importados apresentem, em português e legível, a identificação do fabricante, do país de origem, das fibras ou filamentos, do percentual de composições e do tamanho da peça.

A normatização possibilita que sejam utilizados símbolos ou frases para informar sobre os cuidados e procedimentos necessários. Mas como o que geralmente prevalece é o uso das figuras, é fundamental conhecer bem os símbolos. Danos causados pelo descumprimento das orientações caracterizam mau uso, o que acaba com o direito de troca da mercadoria que apresente defeito. A troca pode ser efetuada 90 dias após a compra, de acordo com o Código de Defesa do Consumidor, no caso de produtos duráveis. Conheça o significado dos símbolos. Se preferir, mantenha uma cópia do glossário na lavanderia.

Lavar

A tina representa o processo de lavagem manual ou por máquina e o número dentro da tina a temperatura máxima da água utilizada no processo.
Um traço abaixo da tina indica que a lavagem deve ser suave.
Dois traços abaixo da tina caracterizam lavagem muito suave.
Mão sobre a tina atenta que a lavagem deve ser feita somente à mão. Não use a máquina de lavar roupas.
O X sobre a tina significa que a peça deve ser lavada a seco em lavanderias. Não use água.


Alvejar

O triângulo é referente ao processo de alvejamento. Quando não houver nenhum outro símbolo sobre ele, não há restrição quanto aos produtos clareadores, ou seja, podem ser usados tanto água sanitária, quanto produtos com água oxigenada.
Riscos verticais indicam que não se deve usar água sanitária ou cloro. Produtos com água oxigenada estão liberados.
Nos dois casos ao lado, o uso de alvejante de água oxigenada, água sanitária ou cloro devem danificar ou manchar o tecido. Muito cuidado.


Secar
O quadrado relaciona-se à etapa de secagem. Peças coloridas devem sempre ser secadas na sombra.
Secar na máquina em temperatura normal.
Secar na máquina em baixa temperatura.
Não secar na máquina.
Secar pendurado em cabide.
Secagem no varal.
Secagem na horizontal.
Secagem à sombra.


Passar

Base do ferro de passar em temperatura de, no máximo, 200°C.
Base do ferro de passar em temperatura de, no máximo, 150°C.
Base do ferro de passar em temperatura de, no máximo, 110°C. O vapor pode causar danos irreversíveis na peça.
Não passar.


Limpeza a seco
O círculo refere-se ao processo de lavagem a seco.  
A limpeza deve ser a seco, em lavanderia.
A limpeza pode ser feita com alvejante, mas deve ser a seco, em lavanderia.
A limpeza deve ser a seco, em lavanderia, mas com solvente específico.
Não limpar a seco.

x

URL



Redes Sociais

Email

x
Seu nome
Seu email
Comentário